26 de abr de 2007

VIDA CRUEL


Ela um dia tinha amado
Mas este amor a feriu
Não esqueceu jamais
Não perdoou

Vivia com rancor
Odiando e ignorando tudo
A vida foi cruel com ela
E ela não perdoou

Mas com quem a vida
Não é cruel?
Quem não é ferido?
Quem já não se magoou?

Mas com ela era diferente
Ela travou seu coração
Só sofreu, não viveu.
Só chorou, não gozou.


Ferina*izil*
Foto de Lucas Almeida

Um comentário:

Menina do Rio disse...

Amar é sofrer são causas, mas fechar o coração não pode ser consequencia. Outros amores virão...

beijos