29 de dez de 2008

SABOR DE TI


Inexplicável,
esse gosto em minha boca...
sabor delicioso,
sabor de ti...
e ao mesmo tempo,
sabor amargo,
sabor da tua ausência...
.
Suely Ribella ©

Nenhum comentário: