16 de jun de 2007

TEUS OLHOS


teus olhos
são bengala
que me orienta
e me castiga
na minha cegueira

não quero ver
o mundo que criaste
através dos teus olhos

deixa-me ser cego
apenas pelo tempo de uma vida
e ter na memória das imagens
apenas o brilho dos teus olhos

Atit Ordep

Foto de Ana Red

2 comentários:

Diva disse...

Pior que a cegeira de não ver é a de não acreditar. Acho que hoje preferia ser cega. Completamente descrente de memórias e imagens!
Bjs meus

KarolinaB disse...

Bjos meus também Henrique! Sempre com textos muito interessantes e profundos.