16 de out de 2007

SOB O SIGNO DA LOUCURA


Se eu vivesse em outra época,
com certeza eu seria,
em uma fogueira queimada
como se praticasse bruxaria

Meu fascínio por Alquimia
me faria padecer
sob o signo da loucura
me atariam a uma cruz

Meus sentidos aguçados
Faz-me tudo desvendar
Ouço o som dos imortais
Com os quais oriento a vida

Sei segredos seculares
Tenho formulas milagrosas
Posso ler pensamentos
E saber sentimentos

Minha sina é pesada
É difícil disfarçar
Mais difícil e não pensar
nos segredos do universo

Sei o porquê do brilho das estrelas
Sei por que geme o mar
Enlouquece-me quando o vento
Traz ruídos seculares

Sei de tudo e de todos
E como tudo é fascinante
Pois são segredos tão diversos
Que povoam tantas mentes.
.
Ferina*izil*

Um comentário:

Mustafa Şenalp disse...

Your blog is very nice:)