19 de dez de 2007

MEUS NATAIS


Natais
sempre iguais,
atitudes formais,
alegrias irreais,
desejos surreais...
Natais
de abraços apertados,
presentes trocados,
ais suspirados,
corações separados...
Natais
sombrios,
vazios,
frios,
só os olhos quentes
de lágrimas...
Natais
sem você...
.
Suely Ribella ©

Um comentário:

Anônimo disse...

As vezes papai noel nos faz uma surpresa.
uhuhuhuh
Eu