10 de nov de 2010

SINTO PENA

Sinto pena 
dos que vivem à toa,
habitando um mundo
sórdido e vulgar,
sem procurar o que fazer,
a não ser
mentir e comentar
a vida alheia,
sem lembrar
que cada um
colhe o que semeia...
.
Suely Ribella ©

Nenhum comentário: