15 de nov de 2007

ESPERANÇA E ILUSÃO


Digo que não me iludo,
que não quero me iludir...
Mas tenho vivido assim
ao longo dos anos...
Negando a ilusão,
negando a esperança...

Nego e no entanto,
são elas que me mantém viva...
A ilusão faz parte de mim,
a esperança vai morrer comigo...

Nego que me iludo,
nego que espero...
Mas na verdade
iludo-me esperando...
.
Suely Ribella ©

Nenhum comentário: