12 de out de 2007

NA TUA VOZ


na tua voz
vive o meu sonho
de criança feita homem
ouço o teu cabelo
roçar nos teus ombros
ouço a rebentação das ondas
no meu peito
quando dizes o meu nome
de uma forma
imersa em sedução

na tua voz
cabe todo o meu desejo

na tua voz grave e cativante
vive o meu choro
de criança perdida
que se ouve como ruído de fundo
de um filme antigo

Atit Ordep

Nenhum comentário: