6 de mai de 2008

A PRIMEIRA FLOR



Visitando seu mundo
Um universo nefando
Há duas estações
E nenhum luminar
Somente as lufadas
Esses ventos cortantes
Que derrubam o lúcido
E a paz faz deitar

Estou aqui, sou o lucilar
Sou a única sombra
Bulindo este mundo
Despejando água
Cultivando o verde
Invoquei o sol
Tudo isso fiz
Para dar-lhe a primeira flor

(Ferina * Karolina B)

Nenhum comentário: