14 de ago de 2008

OS ASSASSINOS


Uma criança morta
Uma centena de crianças mortas,
simplesmente nada acontece
o mundo não se comove mais
não temos mais seres humanos
no comando do pais
Parece que todos venderem
suas almas para o diabo
para ao poder chegar
e agora tem que cruéis
se tornarem para fazerem
jus a fortuna que roubam
das nossas pobres
crianças mortas
abandonas
assassinadas
.
Ferina*izil*

Um comentário:

Juan disse...

Bello poema, Izil.

Fuerte, pero es la realidad de la sociedad en que vivimos.

Saludos afectuosos