11 de out de 2008

CULPA


guardo bem fundo
o desejo de mar
e a vergonha de não saber nadar

sempre com um pé na areia
sinto o meu mundo pequenino
na ponta dos dedos
do pé

não me aventuro
no mar aberto
com o medo de ser devorado
pela imensidão do mar

a culpa de existir
sempre na beira da praia
a ver barcos partirem

Atit Ordep

Desenho de PJ Crook

Um comentário:

Ferina*izil* disse...

Lindo...Simples e bonito.
Como só voce sabe fazer.
Izil