9 de mai de 2009

UM TEMPO PARA AMAR


um tempo para palavras ternas
desliga a luz, desfaz a cama
um tempo para dar as mãos
desliga estas vozes dentro da minha cabeça

um tempo para o amor
aqui no escuro, nestas horas finais
fecho os olhos para não me ver
aqui deitado ao teu lado

e a manhã virá
e eu farei o que é considerado certo

mas não consigo fazer com que me ames

Atit Ordep

Foto de negateven


Nenhum comentário: