7 de jan de 2010

FINALMENTE, AMOR



Eu sei que você fez de mim o seu tudo
E a culpa da sua infelicidade era minha
Porque precisa de todos os seus motivos
Embebidos em um certo alguém como eu
Mas agora ao caminhar em silêncio
Mergulhado nos motivos que tanto chorava
Achou-me fora da estrada e finalmente inocente
E desta vez até veio sóbrio pra me absolver

Ferina * Karolina B