11 de mai de 2010

TE PROVOCO

Provoco-te
Teu corpo percorro
sem cessar
Na tua corrente
sanguínea eu penetro,
Provoco-te
Aqueço-te
Torno-te louco,
Faço-te perceber,
que sem mim
você não pode mais viver,
pois teu vício me tornei
Pela eternidade
só te restará agora me amar,
e comigo conviver
Em teu sangue
Em teu corpo
Em tua mente
Enfim
Tornaste para sempre
Um dependente meu.
.
Ferina*izil*

Um comentário:

Solange disse...

ele está numa clínica de reabilitação ...acredita?
bjbjbj