14 de fev de 2011

A CHUVA

O céu trouxe a chuva,
que trouxe a saudade...
a chuva permaneceu
a noite inteira...
pela manhã, o sol apareceu
sorrindo e secando  tudo...
só os meus olhos
continuam úmidos,
só em mim ainda chove
uma saudade doida e doída
de você... 
.
Suely Ribella ©

Um comentário:

Lustato Tenterrara disse...

Comentar Suely é repetir-se como o "L" de Ribella. O poeta nela existe. Suely é poesia, um poema de amor.

"O céu trouxe a chuva,
que trouxe a saudade...
A chuva permaneceu
a noite inteira...

Pela manhã o sol apareceu
sorrindo, e secando tudo...

Só os meus olhos
continuam úmidos.
Só em mim, ainda chove.
Uma saudade doida e doída
de você!
"

Lindo poema. Classe TagMil.
Pode inscrever que já está classificado. Publique primeiro aqui.

Un bene così caro
per ti.
Lustato Tenterrara