6 de jun de 2011

CAÍMOS DE AMOR



Caímos de amor

e a queda foi lenta
e suave como pena
caindo do edifícil

Sentimos a dor

do violento impacto
de sermos levados
pela correnteza

Caímos de amor

e somos levados
mesmo sem vontade
pelos sentimentos

Sentimos a dor

que veio de um salto
um rosto pintado
um palhaço no chão

Ferina * Karolina B

Nenhum comentário: