25 de fev de 2017

O Tempo IV


o tempo
guarda a memória
dos tempos

quanto tempo
do tempo
é um contratempo
um destempero
uma vida encerrada
num ciclo de luas

quando a morte
vem de mansinho
fora de seu tempo
nem dá tempo para despedidas

não há tempo
para um adeus
um beijo, um choro
o tempo do fim
anuncia o início
de um outro tempo

a morte do amor
foi a solução
do tempo
em que não havia tempo
para amar

Atit Ordep
25/03/2008

Nenhum comentário: