22 de abr de 2007

MACHO LATINO


Era um macho
Muito macho
Um predador nato
Um semeador de sémen
Um povoador
De ilhas desertas
Um troglodita
Um pénis errante
Um caçador de fêmeas
Que dominava
Um vasto território
Diziam ter sangue
Do jacaré
E a fogosidade
De um tigre
Os olhos de uma águia
E o cérebro de uma galinha
Salivava com cheiro
De fêmea fértil
Rosnava de desejo
E uivava
No final do coito
Dizem
Que por ai
Deixou uma prole
Bem feroz
Que o devorou
Anos depois
Era conhecido
Como a fera
Que viveu sem amor
Um bicho sem alma
E sem entendimento
Das coisas do mundo

Ferino * Atit Ordep

Foto SCX

3 comentários:

"FERINUS" disse...

Poxa que macho,,,mas so podia ter cerebro de galinha, um homem verdadeiro não precisa provar que é tanto macho....

Menina do Rio disse...

Tá me parecendo Crono que devorava os filhos pelo medo de perder o poder, mas com um cérebro de galinha...

beijos

Anônimo disse...

Sim cérebro de galinha! O macho latino só pode ser mesmo um homem estúpido!