9 de jul de 2009

MINHA ALMA, MINHA VIDA


Tenho que arrumar
minha casa ,

tenho que arrumar
minha alma
minha casa,
meu corpo.
minha vida.
Tenho que arrumar
rápido,
muito rápido
O tempo não espera.
Não posso deixar nada
desarrumado.
Tenho que correr
Tenho que te ver.

ferina*izil*
foto de Luis Filipe Cabaco

Um comentário:

Anônimo disse...

Muito boa poesia. De reflexão. Tambem preciso fazer muitas arrumações.
Roberto
Abç