23 de mai de 2007

POEMA DE DOIS EM UM PARA LER À VEZ E TUDO JUNTO


Ódio – Amor
Morte - Nascimento

Odioso sentimento – Amoroso sentimento
Furioso vento – Auspicioso vento

Assombro de medo – Encantamento sem medo
Malicioso credo – Delicioso credo

Pavor da dor – Ausência de dor
Letal estertor – Divinal estertor

Macabro epílogo – Edílico epílogo
Doloroso jogo – Saboroso jogo

Inútil paixão – Grande paixão
Diabólica sedução – Gostosa sedução

Raiva contida – Calma contida
Amarga vida – Doce vida

Descartável sensação – Admirável sensação
Fim de estação – Início de estação

Ruim sentir – Salutar sentir
Apressado partir – Brando partir

Agitado sofrer – Ausente sofrer
Furioso perder – Ignorado perder

Fúnebre final – Renascido final
Rancor animal – Prazer animal

Noite – Dia
És um – Somos dois

Atit Ordep (Ferino Citrino)

Foto (as always) in SXC Take a look.



3 comentários:

Anônimo disse...

Um poema sobre o ódio. Um poema sobre o amor. Lado a lado, como na vida real.

Anônimo disse...

São precisos 2 para amar, mas basta 1 para odiar, não é?

"FERINUS" disse...

Adorei amigo poeta ferino, esta cada dia mais se superando
abraços
izil