4 de mai de 2007

RESTOS MORTAIS


Quem mata os sonhos
não merece viver.

Não tenho tempo
para te odiar
ou ter pena de ti.

De qualquer modo
já morreste em mim.
E já não vives em ti.

Ainda não te fiz
um funeral condigno.
Fui deixando apodrecer
os teus restos mortais.

Atit Ordep (Ferino ao fim do dia)

Um comentário:

izilgallu disse...

Terei que matar muitas pessoas entao que mataram meus sonhos, todos os dia alguem mata os sonhos de alguém.