28 de jul de 2008

COVARDEMENTE VIVENDO


Você deveria ser o forte
esta é a regra do jogo
Desde sempre os machos
eram os protetores
Mas estás seguindo o

rumo inverso, não
tem mais o poder
de me proteger,

acabou
Você desistiu de
ser o forte
se tornou pequeno,

frágil,

covarde
enfim morreu
para a vida
ou está vivendo

covardemente
.
Ferina *izil*
Foto Graça Loureiro

2 comentários:

Pedro Berocan disse...

Mesmo sendo covarde
Ainda deu pena
Deste que desistiu da regra do jogo

Nanda Assis. disse...

uau, lindooo. amo mesmo seus poemas
já estava sentindo falta de ler vc. estava sem pc, foi um tédio. me afoguei em palavras cruzadas. mas agora voltei e me deparei com tudo isso. só vc mesma!
bjosss...