29 de jul de 2008

PALAVRAS MALDITAS


Por vezes me surpreendo
com meus pensamentos
Não sei de onde saem estas
malditas palavras sem pudor
Eu as quero afugentar,
mas elas rodeiam minha mente
forçam-me a pensar
querem mesmo me embaraçar
tentando me fazer escrever
coisas que fogem a imaginação
Mas estão de
castigo estás palavras
não vão mais sair
de minha mente
Não vão mais me
envergonhar.
.
Ferina *IZIL*

Um comentário:

Nanda Assis. disse...

vc tem lindas palavras, solte seus pensamentos, sempre sempre sempre.
bjosss...