10 de ago de 2007

FALSAS JURAS


Você
me subestimou
Não
me levou a sério
Brincou
com meu amor,
pisou
nos meus sentimentos
Largou-me
em um canto
esquecida, sem vida.
Depois
de tantas juras
Tantos sonhos
Você simplesmente...
me abandonou
.
Ferina*izil*

Um comentário:

Anônimo disse...

nunca abandoaria de quem gosto
mais um belo poema de amor






João