14 de out de 2008

SEM CORES



Você roubou todas as cores do meu mundo

Que agora está branco e preto

E as vezes, de quando em quando, torna-se

rubro de dor

As poucas esperanças de um amor

Verdadeiro, sublime e tão sonhado

As vezes, por um instante, acho

Pode ser encontrado

Adeus não é o fim de tudo

Meu mundo está mesmo noturno

Mas as vezes, sem esforço, acabo

Pensando "Luz!"

Ferina * Karolina B

[link original da foto]

3 comentários:

*izil* disse...

Linddddddddddddooooooooooooooooooooooo.
bjs.
izil

Pedro Berocan disse...

Muito triste um mundo sem cores.
E as cores simbolizam. :)
Muito bom
Beijos

Juan disse...

Karolina

Después de una noche triste
llega la brillante luz del día
el amor radiante inundará tu alma
serás inmensamente feliz
el rojo del dolor se convertirá
en naranja de gozo
en amariillo de esplendor
en verde de infinita esperanza
en azul como el cielo y el mar.
Te brillarán los ojos de la alegría
se sublimará tu mágica alma
hasta volar en una nube blanca
hasta llegar a un nuevo horizonte.

Paz y Amor.

Juan Antonio