10 de out de 2008

SUTIL


Um toque
Um olhar
Um beijo
Tudo roubado
Tudo ligeiro
Sempre sutil
Nada concreto
Sempre mágico
Todo contato,
inesperado
Mas desejado
Fica sempre
a vontade de
ter mais,
muito mais.
.
Ferina*izil*

2 comentários:

Pedro Berocan disse...

Gostei, sutil e gostoso! ;)

Juan disse...

Izil

Lindo poema
buenos recuerdos
cuando adolescentes
nos escondíamos
para besarnos
abrazarnos
y declararnos el amor.

Paz y Amor.