3 de abr de 2009

MORTE TRÊS


sempre te amei
como se amam as pedras e os animais
e o fogo que me alimentava em vida
será o mesmo que me consumirá na morte

Atit Ordep

Post-Scriptum – Tenho de lembrar os meus filhos que quero ser cremado e que as minhas cinzas sejam espalhadas no Cais das Colunas, onde o Tejo beija o Atlântico.

2 comentários:

Ferina*izil* disse...

Escolheste um belo lugar para as tuas cinzas serem espalhadas...
Abraços
izil

Ferina*izil* disse...

e.t. Espero que demore muito ainda este dia..:-),
pois como ficaremos sem tuas poesias?