19 de mai de 2009

BUSCO BUSTO ROBUSTO


busco teu busto robusto
ávido de memórias inteiras
das noites concebidas em rosa
na amnésia da inocência perdida

desejo de um beijo roubado
esquecido numa boca molhada
chuva de gotas flamejantes e quentes
num corpo ensopado e febril

invento um significado novo
para a tua presença no éter
flúi música de marchas militares
no cortejo das almas ausente

busco uma palavra mágica
ou um feitiço ancestral
de comprovada fiabilidade
que te arranque das garras
deste nevoeiro encantado

imagino uma razão razoável
sentimento com sentido
para que possa esquecer
o que busco no teu busto
robusto

Atit Ordep

Foto de CarmoSilva


Nenhum comentário: