16 de fev de 2009

NO ESCURO




Eu procuro meu lugar no mundo
só busco porque posso ver

No futuro cego e inesperado
No ato, no palco, sem mãos que aplaudem

Sem você, sem palavras que atiram
pedras e fazem o chão dos calados

Acredito num futuro, bem perto
como os sentimentos do poeta

Que se agarram ao peito
antes de alcançar a goela

Eu busco o que somente se revela
No escuro do pensamento

(Ferina*KarolinaB)

Nenhum comentário: