30 de jun de 2009

SOU


Sou
porque existo
e se existo sou.
Sou
para ser
o que sou,
devo ser
quem sou,
quando posso sou.
Nem sempre sou
o que deveria ser,
sou o que sou
e o que não sou.
Sou
o que quero
ser...
.
Suely Ribella ©

Um comentário:

Anônimo disse...

Bella, Bella, só vc escreveria algo assim. Nota Dez paraa poesia de confundir e foto de te lembrar e e me fazer sorrir.
Roberto
Abç