20 de ago de 2009

PRAIA


nesta praia cheia de mar
desenho as tuas pegadas
enquanto a areia está molhada
e construo um castelo de nuvens

um céu cheio de água
e barcos brancos de algodão
convidam as aves famintas
a provar a guloseima dos sonhos

no calor abrasador do areal
percorro a minha via sacra
com as tuas memórias cravadas na carne
e o suor da alma a brotar dos olhos

Atit Ordep

Nenhum comentário: