12 de jun de 2010

NÃO ME LIVREI DAS AMARRAS


Em suas normas me criei
Com suas regras eu cresci
Dentro das leis eu me mantive
Em troca nada aprendi

Não ousei,
Não ultrapassei.
Nada fiz fora da lei

Fui regrada, fui castrada.
Não me livrei das amarras
Nem ao menos em pensamentos,
consegui me libertar
.
Ferina*izil*

2 comentários:

Solange disse...

e de que valeu tudo isso se hoje eu vivo fora da lei..
bjs.Sol

Solange disse...

feliz dia do amigo!!

bjs.Sol