29 de jan de 2011

NÃO SEI



Não sei de suas verdades,
elas nunca foram cristalinas.
Sei de suas mentiras,
elas sempre foram
bem claras para mim.
Somente o meu amor
não é suficiente para
que a nossa vida continue
É preciso muito mais,
talvez não mais de você,
Outro talvez, mais claro.
Interessado, amigo,
enfim um amor real
.
Ferina*Izil*

Um comentário:

Juan disse...

La careta
de todos los días.
Es difícil conjuntar
dos corazones
que no se aman.
Un abrazo.
Juan Antonio