16 de dez de 2013

Espera um pouco

espera um pouco
esqueci de um tempo que foi importante para mim
aguarda mais um pouco
as memórias retornam limpas e transparentes
apenas queria que soubesses
que existiu um tempo
em que o tempo tinha valor
diria mais
um tempo em que o tempo existiu
um tempo em que a vida foi criada
foi no início o paraíso
e depois o pecado
mas nesse tempo o tempo contava
esperei muito tempo
diria mesmo
um tempo sem fim
para valorizar o tempo que existiu
um dia partiste
e levaste contigo as emoções
que enchiam os dias com coisas de valor
o tempo deixou de contar
o relógio parou
os dias agora estão numa película
e projectados num velho cinema
onde os amantes recordam os beijos apaixonados
que um dia preencheram as suas vidas
espera um pouco
quero ver o ultimo beijo
antes de este cinema fechar
para dar lugar a um centro comercial


Atit Ordep

Nenhum comentário: