5 de nov de 2008

MORTE E VIDA, BAILARINA



Oh! Não estou chorando


Só estou enxugando gotas


Dos conturbados pensamentos

Dos momentos inesquecíveis


Só estou fazendo preces

Para um mundo já perdido

Para a ave morta no chão


Só estou pensando na curta beleza do ser

Como a dança de um corpo morto

Como os pés de uma bailarina


Oh! Não estou sorrindo!



(Ferina* Karolina B)

[link original da photo]

Um comentário:

Juan disse...

Karolina

¡Qué bello poema!

Los recuerdos quedan en nuestra alma
y perdurarán para siempre.

Un abrazo afectuoso.

Juan Antonio