27 de mai de 2010

O CAMINHO DA VIDA


Caminhas
Anda pela estrada da vida
sem olhar para trás,
não deixe que lembranças
te faça estacionar,
não vale a penar
deter-se pois a vida não para,
não dá tréguas,
esqueças o que
já passou,
continue sempre a caminhar
Somos feitos de pequenos
momentos,
não importa se bons, ruins.
Lá na frente no fim da estrada
algo encontrarás,
talvez não seja o que querias,
mas foi o
que construiu ao longo do caminho
.
Ferina *Izil*

Um comentário:

Solange disse...

confesso que ando nessa estrada, mas levo uma saudade que não consigo soltar..
quem sabe um dia, por um descuido, ela fuja do meu coração..
bjs..